Em Paris

Direção: Cristophe Honoré

Título original: Dans Paris

Elenco: Romain Duris, Louis Garrel, Alice Butand

Ano de Produção: 2006

País de Produção: França

Gênero: Cinema europeu

Duração: 93 m

 Uma depressão que segue a uma separação leva um dos personagens de volta à casa do pai, que vive em Paris. Reencontra o irmão, e algumas memórias de uma irmã que tinham, e que morrera precocemente. O irmão mais novo, protagonizado pelo simpático Louis Garrel, flanava entre várias mulheres, que conhecia episodicamente. O irmão deprimido encontrará numa das amigas do irmão galante a lembrança de que há sempre uma luz, e que não há noites eternas. A trilha sonora e a fotografia de Paris encantam e marcam a qualidade deste retrô do cinema francês da nouvelle vague. Romain Duris, no papel do jovem deprimido, nos lembra o europeu centralizado na realidade dos problemas existenciais. Sartre e Camus poderiam estar em alguns diálogos, ainda que nas entrelinhas, excluindo-se o ativismo político, dado o distanciamento dos irmãos para questões não idiossincráticas. A excessiva preocupação com nós mesmos parece ser uma marca de nossos tempos. Não há mais espaço para ideologias e utopias. O máximo de nosso protesto é a adesão ao vegetarianismo. E os conflitos e ambivalências indicadas neste enigmático filme parecem confirmar a afirmativa.

Esta entrada foi publicada em Filmes. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.